Mulher pula de sacada com a filha para fugir de ameaças de ex em SP

A mulher contou que o ex-companheiro tentava reatar o relacionamento e que tinha medo do homem por ele possuir uma arma de fogo, que foi apreendida pela PM.

PM apreende arma de autônomo suspeito de ameaçar ex-companheira; armamento não foi usado no crime Divulgação/Polícia Militar Um autônomo de 41 anos foi preso em flagrante suspeito de ameaçar e arrombar a porta da casa da ex-companheira em Cananeia, no litoral de São Paulo.

De acordo com as autoridades, a vítima, uma mulher de 54 anos, e a filha dela, de 12, tiveram que pular a sacada do imóvel onde moram para conseguir fugir do homem.

Ele chegou a ser preso, mas foi liberado após pagar fiança.

Conforme apurado pelo G1 nesta terça-feira (30), o caso aconteceu no bairro Carijo, em Cananeia.

A Polícia Militar foi acionada após receber uma denúncia de violência doméstica envolvendo um casal e, ao chegar no local indicado, os policiais encontraram o autônomo em frente à casa da vítima, com a mão ferida e a porta do imóvel arrombada.

Segundo a PM, ao ser questionado, o homem confessou que havia tido uma discussão acalorada com a ex-companheira, mas que ela havia fugido com a filha para a casa de um vizinho.

Os policiais, então, fizeram buscas e encontraram a mulher, que afirmou que o casal havia se separado recentemente e o homem insistia em reatar o relacionamento, contra a vontade dela.

Caso foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil em Cananéia, SP Divulgação/Polícia Militar Ambiental Ela explicou que pulou a sacada do imóvel, junta da filha, ao perceber que o homem tentava invadir a casa.

A vítima relatou, também, que fugiu por medo do ex-companheiro que, enquanto estavam juntos, revelou que tinha uma arma de fogo em casa.

A PM então questionou o homem a respeito do armamento, que confessou possuir uma espingarda de calibre de 32 em casa, que acabou apreendida.

Além do armamento, que não possuía documentação, o suspeito e a vítima foram encaminhados ao plantão da Delegacia de Polícia de Cananeia, onde o caso foi registrado.

Indiciado por ameaça e posse irregular de arma de fogo de uso permitido, o homem foi preso em flagrante, mas acabou sendo liberado após pagar fiança.

As autoridades ressaltam, no entanto, que a arma não foi utilizada pelo homem para ameaçar a mulher. Segundo a Polícia Civil, o delegado responsável pelo caso encaminhou, à Justiça um pedido de medida protetiva em favor da vítima e da família dela, a fim de impedir a aproximação do homem.

O caso permanece sendo investigado.

Categoria:SP - Santos e Região